Blog da Usiminas

Dia da Consciência Negra: Uma luta de todos nós contra o preconceito racial

Dia 20 de novembro marca o Dia da Consciência Negra. A data é uma referência ao assassinato de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, morto pelas tropas coloniais brasileiras neste mesmo dia em 1695.

Segundo pesquisa do Atlas da Violência, os negros têm mais que o dobro de chances de serem assassinados no Brasil, sendo 77% das vítimas de homicídio pessoas negras. Pensando nisso, trouxemos algumas reflexões sobre o preconceito racial para o nosso dia a dia. Como podemos colaborar para a causa antirracista?

  • Fale sobre racismo. Converse com os seus filhos, filhas, amigos e familiares sobre racismo. Explique a importância do respeito, fale sobre as diferenças e esteja aberto para ouvir suas dúvidas e curiosidades.
  • Apoie iniciativas de pessoas negras.
  • Amplifique vozes, projetos e ações realizadas por pessoas negras.

Recebeu uma “brincadeira” no WhatsApp ironizando uma pessoa negra? Na roda de amigos, ouviu algum comentário racista? Não hesite em mostrar que aquele comportamento é inaceitável.

Na Usiminas, um dos pilares do programa de Diversidade e Inclusão é o de Raça e Etnia. O objetivo é promover a conscientização e apoiar as empresas Usiminas na construção de um ambiente mais diverso e inclusivo, capaz de potencializar e de valorizar todos os talentos, independentemente da sua cor, raça ou etnia.

Racismo e injúria racial são crimes. Se você foi vítima ou presenciou um caso de preconceito envolvendo a cor da pele, denuncie pelo Disque 100, serviço do Governo Federal destinado a denúncias de violação dos Direitos Humanos. Na Usiminas, você também pode fazer denúncia contra o racismo por meio do nosso Canal Aberto.

Quer saber mais? Aperte o play e confira o vídeo que preparamos para falar sobre o Dia da Consciência Negra!

#SouDiversidade
#SouUsiminas