Blog da Usiminas

Como a Usiminas utiliza as áreas verdes para a melhoria da qualidade de vida

Como a Usiminas utiliza as áreas verdes para a melhoria da qualidade de vida

Investir em ações que permitam o desenvolvimento integrado – econômico e ambiental – é um compromisso histórico da Usiminas. Pensando nisso, a empresa mantém hoje mais de 2.900 hectares de áreas preservadas na Região do Vale do Aço, onde está localizada uma de suas unidades industriais. 

Com foco no meio ambiente, uma de nossas iniciativas é o Cinturão Verde, que começou a ser implantado ainda nos primeiros anos de construção e operação da Usina. Trata-se de uma extensa área verde ao redor da Usina de Ipatinga, que possui 377 hectares e passa por 11 bairros da cidade. 

Hoje, ele favorece a revegetação de encostas urbanas, redução de erosões e melhoria das condições microclimáticas da região, contribuindo para a arborização urbana e para o conforto visual e térmico da cidade. Com esse projeto, Ipatinga desenvolveu um índice de 96 m² de área verde por habitante, sendo oito vezes superior ao recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Revitalização do Cinturão Verde

Em julho de 2020, focamos na revitalização do Cinturão Verde, com o objetivo de formar barreiras naturais de proteção contra emissões atmosféricas e ruídos inerentes ao processo industrial, além de aumentar as áreas verdes da cidade. 

Foram plantadas mais de 400 árvores adultas ao longo da unidade industrial, sendo várias espécies arbóreas, de quatro a cinco metros, que poderão atingir até 10 metros de altura. 

Essas árvores foram adquiridas pela Usiminas junto a produtores especializados e já auxiliam na proteção contra a dispersão de emissões atmosféricas e ruídos pouco tempo depois de plantadas. 

Ficou interessado? Confira as outras iniciativas da Usiminas voltadas para a preservação de áreas verdes.