Blog da Usiminas

Usiminas encerra 2021 com cinco elevações em suas notas de crédito 

Em 2021, a Usiminas apresentou resultados operacionais e financeiros que conduziram a companhia para o registro das melhores avaliações de crédito nos últimos anos. Considerando as três principais agências de análise de classificação de risco de investimentos do mundo, a empresa encerra o ano com cinco movimentações positivas nas escalas nacional e/ou global.

Dentre as avaliações, destaca-se a elevação da classificação para AAA pela Agência Standard and Poor’s (S&P). O triplo A é a avaliação máxima de crédito na escala nacional e posiciona a companhia entre uma das mais seguras do Brasil em relação à capacidade de honrar compromissos financeiros.

Outro destaque foi o upgrade para BB na escala global, tanto pela S&P quanto pela Fitch Rating, atribuindo à empresa uma nota superior à do próprio País. Já a Moody’s elevou a classificação da Usiminas para Ba2 na escala global, mesma nota de crédito atribuída ao Brasil.

Segurança para investir

De acordo com o presidente Sergio Leite, os resultados anunciados pelas agências reforçam o protagonismo da Usiminas no setor siderúrgico e dão segurança aos investidores. “É o reconhecimento de todo o trabalho das nossas equipes em um cenário tão desafiador, como o vivido nos dois últimos anos. Todos os relatórios sempre reforçam pontos que são estratégicos para o nosso negócio, como a consistência dos resultados, a forte geração de caixa, a liquidez da empresa e a nossa disciplina financeira”, afirma o CEO da companhia.

Sergio destaca que para 2022 o objetivo é seguir no caminho de fortalecimento do negócio e da construção da perenidade da Usiminas. “Sempre com austeridade, disciplina de gastos, foco na sustentabilidade e no respeito às comunidades onde estamos inseridos”, conclui.

As notas dadas por agências classificadoras de risco são importantes sinalizações, pois mostram a potenciais credores e investidores como está a solidez e a saúde financeira de uma empresa.

Confira, no vídeo abaixo, a explicação sobre a importância dos ratings para uma empresa, dada pelo gerente-geral de Relações com Investidores, Leonardo Karam.