Blog da Usiminas

Dia da Consciência Negra: termos racistas que devemos parar de usar

No dia 20 de novembro de 1695, Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, foi assassinado pela tropas coloniais brasileiras. Séculos mais tarde, a data marcaria o Dia da Consciência Negra, para relembrar a luta dos negros contra a opressão no Brasil.

Para encerrar a 1ª Semana de Diversidade e Inclusão da Usiminas, preparamos um vídeo que reforça o quanto a nossa sociedade ainda precisa avançar na luta pela igualdade entre brancos e negros.

Dê o play no vídeo abaixo e confira alguns termos racistas que devemos evitar no nosso dia a dia:

Luta diária

Você sabia que 75% das pessoas assassinadas no Brasil são negras, segundo o mais recente anuário estatístico do Fórum Brasileiro de Segurança Pública?

Que a taxa de analfabetismo entre os negros acima dos 15 anos é de 9,1%, contra 3,9% entre os brancos da mesma idade, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)?

E que a renda per capita dos pretos e pardos no país (R$ 934) equivale a metade do valor recebido pelos brancos (R$ 1.846), também segundo o IBGE, você sabia?

Os números ajudam a mostrar o tamanho do desafio no Brasil. Na Usiminas, um dos pilares do programa de Diversidade e Inclusão é o de Raça e Etnia. O objetivo é promover a conscientização e apoiar as empresas Usiminas na construção de um ambiente mais diverso e inclusivo, capaz de potencializar e de valorizar todos os talentos, independentemente da sua cor, raça ou etnia.

Como o propósito de criar um ambiente cada vez mais diverso e inclusivo, a Usiminas inaugurou recentemente um espaço para que nossas colaboradoras que são mães lactantes possam fazer a retirada e armazenamento seguro e correto do leite materno em um local tranquilo, feito especialmente para elas. Clique aqui para saber mais.

Informações Fora de Série

Receba nossa seleção de novidades do mercado e da Usiminas.

Loading...