Blog da Usiminas

Usiminas reforça o monitoramento ambiental da Usina de Ipatinga

Iniciamos oficialmente, dia 15 de setembro, as operações integradas da Central de Monitoramento Ambiental da Usina de Ipatinga. A nova sala reúne, em um mesmo local, o acompanhamento das emissões atmosféricas advindas do processo produtivo e também os resultados aferidos pelas redes de monitoramento de qualidade do ar e partículas sedimentáveis mantidas pela empresa em diferentes pontos de Ipatinga e da Usina. 

A data marcou, também, o início do funcionamento da Rede Automática de Monitoramento de Particulados (Ramp), que acompanha cada um dos pontos de emissão potencial da Usina.

Para inaugurar os novos equipamentos, o presidente da Usiminas, Sergio Leite, e o diretor da Usina de Ipatinga, Heltom Muzzi, receberam o promotor titular da 9ª Promotoria de Meio Ambiente de Ipatinga, Dr. Rafael Pureza. Além de conhecer a sala e a Ramp, o promotor também realizou uma visita pela Usina para acompanhar o funcionamento de outras ferramentas de controle ambiental adotadas, como os canhões de névoa, os lavadores de pneus e a aplicação de polímeros sobre as pilhas de matérias primas. Essas ações visam reduzir o desprendimento e carreamento de partículas de poeira para fora dos limites da Usina.

Monitoramento contínuo 

A Central de Monitoramento Ambiental conta com uma equipe dedicada, dividida em turnos de trabalhos, para que haja o acompanhamento 24 horas por dia, sete dias por semana. No local, será feito o monitoramento contínuo das chaminés da usina de Ipatinga e a checagem de toda a unidade com o apoio de mais de 30 câmeras e dos dados coletados pela nova rede interna. 

Em caso de ocorrências fora da normalidade, os profissionais poderão adotar ações imediatas para corrigir e dar encaminhamento à situação. Também será possível acompanhar, em tempo real, o monitoramento da qualidade do ar de Ipatinga, as condições meteorológicas e a deposição de partículas sedimentáveis na cidade.

Energia sustentável e dados online 

Já a Rede Automática de Monitoramento de Particulados (Ramp) é composta por 31 pontos de captação de dados instalados no entorno do Pátio de Carvão, Coquerias, Sinterização, Altos-Fornos e Aciaria que permitirão identificar as fontes das principais emissões na planta. A maior parte dos equipamentos é alimentada por energia fotovoltaica e os dados gerados são enviados on-line para o sistema de gestão.

Usiminas pioneira

A Usiminas é a primeira empresa brasileira a instalar, de forma proativa, o sistema de ponta para monitorar as emissões difusas de material particulado, ação em sintonia com os objetivos sustentáveis das operações na Usina de Ipatinga.

“A Usiminas está empenhada nesse tema e no compromisso assumido com a comunidade de Ipatinga e com o Ministério Público no final do ano passado, cumprindo o que foi acordado e indo além, com a implantação de medidas adicionais. Somos uma das empresas pioneiras no Brasil a adotar um sistema inovador na tecnologia integrada e customizada de monitoramento atmosférico, reunindo dados de diversas origens e permitindo um controle ainda mais preciso das nossas operações”, destacou o presidente da Usiminas, Sergio Leite.

O cuidado da Usiminas com o meio ambiente é permanente. Prova disso é o Programa Usiminas Mobiliza pelos Caminhos do Vale, que já recuperou 2.625 km de estradas rurais até o momento, beneficiando 1,3 milhão de pessoas. Para saber mais, clique aqui.

Informações Fora de Série

Receba nossa seleção de novidades do mercado e da Usiminas.

Loading...