Blog da Usiminas

De Minas para o mundo - Toronto

58 anos Usiminas: De Minas para o Mundo

Há quase seis décadas nascia a Usiminas. A empresa, que surgiu no interior de Minas Gerais, hoje oferece também múltiplas soluções para o mercado internacional. E é disso que falaremos hoje.

Como já comentamos em outras oportunidades, o foco no cliente está presente no dia a dia da Usiminas. E uma das formas de colocá-lo em prática é entender quais são as demandas do mercado para entregar, sempre, as soluções mais adequadas a eles – não apenas no mercado brasileiro como em todo o mundo. 

Nosso aço Galvanizado por Imersão a Quente (HDG), por exemplo, foi adaptado há pouco tempo para atender algumas exigências do mercado europeu e também dos mercados de Canadá e Estados Unidos. Confira abaixo esse case

O aço Galvanizado por Imersão a Quente (HDG)

O portfólio da Usiminas é composto por uma série de aços que atendem aos mais variados segmentos. Entre esses produtos, temos o aço HDG – Galvanizados por Imersão a Quente, que é fabricado na Unigal, joint venture criada em 1999 entre a Usiminas e a siderúrgica japonesa Nippon Steel Corporation.

O aço HDG é caracterizado por sua excelente resistência à corrosão atmosférica e, devido às suas excelentes características superficiais, é usado em vários segmentos industriais, particularmente pela indústria automotiva. A utilização é recomendada para aplicações que exigem elevado grau de estampagem, facilidade de soldagem e de tratamento superficial antes da pintura.

Adequação para o mercado dos Estados Unidos e Canadá

A grande questão é que antes fornecíamos apenas o material “Matte Finish”, ou seja, sem brilho. Agora, entretanto, desenvolvemos um novo tipo, chamado “Bright Finish” (com brilho), para itens de qualidade comercial. Essa era uma exigência antiga dos clientes dos Estados Unidos e do Canadá e que, até então, não era produzido por nós da Usiminas.

“O nosso desafio é conciliar a produção desses novos aços, padrões de qualidade e segurança, às demandas do mercado internacional. Essa nova possibilidade atenderá uma demanda antiga e necessária para clientes dos EUA e Canadá”, celebram Roy Vivian, gerente-geral de Vendas Comércio Exterior e Luiza Mello, analista de Comércio Exterior da Usiminas.

Recentemente, a Usiminas fez o embarque desse produto pelo Porto de Vitória, no Espírito Santo, até Los Angeles, na Costa Oeste dos Estados Unidos.

A demanda da Europa

A galvanização é o processo pelo qual o aço laminado a frio ganha uma cobertura de zinco, ou de liga contendo zinco, na etapa final de sua produção. No caso do HDG, o revestimento consiste na imersão da bobina em uma solução contendo zinco.

Nosso material vinha sendo produzido com um pós-tratamento específico do aço: o cromo hexavalente (CR6). Entretanto, vários países europeus aceitam apenas produtos com o cromo trivalente (CR3).

Foi o momento de nos adequarmos mais uma vez às necessidades do mercado. “A equipe de produção da Usiminas criou uma força-tarefa e conseguiu desenvolver o CR3 a tempo suficiente para não pararmos nossas vendas”, celebra Luiz Carlos Crumo, gerente de Contas da Usiminas.

Nos últimos meses, nosso aço foi exportado para países como Alemanha, Dinamarca, Bélgica, Portugal e Espanha.
E por falar em reconhecimento mundial, a Usiminas foi reconhecida pela World Steel como uma das siderúrgicas destaques na categoria Excelência em Sustentabilidade. Para saber mais detalhes sobre o Steelie Awards e nossa última premiação internacional, acesse o post em nosso blog!

Informações Fora de Série

Receba nossa seleção de novidades do mercado e da Usiminas.

Loading...