Blog da Usiminas

Dia da arvore

Dia da Árvore: Saiba como a Usiminas contribui para preservação de áreas verdes

O Dia da Árvore, em 21 de setembro, é dedicado a um dos maiores símbolos de nossas riquezas naturais. E convidamos você, hoje, a refletir sobre a importância de cuidar e preservar nossas árvores. Nas comunidades em que estamos presentes, preparamos uma surpresa: em Ipatinga (MG), Itatiaiuçu (MG) e Cubatão (SP), espalhamos mudas de árvores para que os moradores locais possam plantá-las e, se motivem a preservar zonas arborizadas e deixar suas cidades ainda mais verdes. 

Confira aqui o vídeo dessa ação e se motive também para plantar uma árvore hoje!

Além disso, aqui na Usiminas,  cuidamos da preservação e replantio de inúmeras árvores por meio de programas de preservação e conservação de matas nativas nas regiões onde estamos presentes. 

Sabemos que a conservação da biodiversidade é fundamental para o desenvolvimento sustentável, para a qualidade de vida e para o bem-estar das comunidades nas quais estamos inseridos. Por isso, continue esta leitura e se inspire com algumas de nossas ações que contribuem para a preservação e conservação de muitas árvores do nosso Brasil. 

Viveiro de Mudas

Próximo ao estacionamento da Usipa, fica o nosso Viveiro de Mudas, uma verdadeira “fábrica de árvores” no meio da cidade. São cultivadas mais de 20 mil mudas todos os anos, que são usadas na arborização das áreas da Usiminas, recuperação de nascentes e matas ciliares, além de serem doadas para prefeituras e para a comunidade por meio de campanhas solidárias.

Cinturão Verde

Outra de nossas iniciativas em prol do meio ambiente é o Cinturão Verde, uma extensa área verde ao redor da Usina de Ipatinga, que possui 377 hectares e passa por 11 bairros da cidade. O Cinturão favorece a revegetação de encostas urbanas, a redução das erosões e a melhoria das condições microclimáticas da região. Com o projeto, Ipatinga possui um índice de 96 m² de área verde por habitante, oito vezes superior ao recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Mata Ciliar

As matas ciliares protegem as regiões de mananciais, sendo de extrema importância as espécies que vivem na região, além de proteger os rios de sofrer com o assoreamento. Do nosso Viveiro, saem diversas espécies de mudas para plantio e revitalização do Cinturão Verde da Usina de Ipatinga, áreas degradadas, parques e área urbana de Ipatinga, e margens dos rios Piracicaba e Doce. Em parceria com a Fundação Relictos, ONG local, e o Instituto Estadual de Florestas (IEF), os projetos já recuperaram mais de 22 km de mata ciliar. A recuperação das matas ciliares, contribuiu para o reestabelecimento dos curso dos rios Doce e Piracicaba na região, que estavam assoreados. No total, já são mais de 249 hectares de área reflorestada, equivalente a 230 campos de futebol. 

Plante uma Vida 

Já imaginou plantar uma árvore para homenagear cada filho recém-nascido de colaboradores da empresa? Nós da Usiminas promovemos essa ação há vários anos na Usina de Cubatão. Em Ipatinga, a iniciativa começou no ano de 2018. Em 2019, mais de 400 empregados da Usina de Ipatinga, Unigal e Usiminas Mecânica participaram da ação e puderam plantar uma muda nativa em uma de nossas áreas no bairro Imbaúbas.

O “Plante uma Vida” foi desenvolvido para celebrar o nascimento ou adoção de filhos dos nossos colaboradores por meio do plantio de árvores nativas nas dependências da Usiminas. Além de ser uma ação que valoriza e gera proximidade com as famílias, demonstra nossa preocupação com as questões ambientais e as gerações futuras. 

Reserva Particular do Patrimônio Natural

A Usina de Ipatinga e a Mineração Usiminas monitoram e protegem suas Áreas de Preservação Permanentes (APPs) e Reservas Legais. Em 2016, uma área de 204.13 hectares, situada em Ipatinga (MG), propriedade da Usiminas, foi reconhecida como Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) pelo IEF, contribuindo para a manutenção do Bioma da Mata Atlântica. A criação da RPPN Usipa é fruto de um acordo entre a Usiminas e o Ministério Público de MG, que considerou a sua importância ecológica para a região a fim de justificar a sua perpétua preservação. Uma área de vegetação nativa preservada, localizada próximo a um espaço dedicado ao lazer e prática de esportes e onde se encontra instalado um viveiro de mudas, é de grande importância também para a comunidade – tanto moradores de Ipatinga quanto das cidades vizinhas Coronel Fabriciano, Timóteo e Santana do Paraíso.

Parque Estadual do Rio Doce (PERD)

Nós da Usiminas fazemos parte do Conselho Consultivo do Parque Estadual do Rio Doce, atuando juntamente com o Instituto Estadual de Florestas (IEF) e demais representantes dos setores organizados da sociedade. O PERD foi a primeira Unidade de Conservação criada em Minas Gerais e abriga a maior floresta tropical do Estado, tendo sido classificado como Zona Núcleo da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, reconhecida pela Unesco em 2008. É considerado de “Importância Biológica Extremamente Alta” pelo Ministério do Meio Ambiente, nível de importância mais alto nessa categoria de análise, e declarado “Área de Especial Importância Biológica” pelo Governo do Estado de Minas Gerais. A região do PERD configura-se como o terceiro maior ecossistema lacustre do Brasil. 

O desenvolvimento sustentável é algo fundamental para nós da Usiminas, por isso criamos um aço exclusivo para o mercado de energia solar. Clique aqui para saber mais sobre essa inovação!

Informações Fora de Série

Receba nossa seleção de novidades do mercado e da Usiminas.

Loading...