Meio Ambiente

Em prol de melhorar seus processos de produção, se comprometendo com o uso consciente dos recursos naturais, além de monitorar e minimizar os impactos causados pelas atividades produtivas da empresa, a Usiminas realiza investimentos constantes. Ações são desenvolvidas para aumentar a eficiência energética nas operações, otimizar o controle dos processos, gerar a própria energia por meio do reaproveitamento dos gases provenientes das atividades da companhia, além de acompanhar a mudança de clima.

3 mil

hectares de áreas preservadas na Região do Vale do Aço

400

hectares de mata nativa e mista preservada no cinturão verde

20 mil mudas de plantas

produzidas por ano de um acumulado de cerca de 3 milhões

Qualidade do ar

A qualidade do ar das regiões onde existem áreas primárias da Usiminas é constantemente verificada pela Central de Monitoramento Ambiental, que acompanha as emissões atmosféricas, dos processos produtivos da companhia. Além disso, contamos com iniciativas de aliviamento das emissões de partículas sedimentáveis, também chamadas de pó preto.

Qualidade do ar

Monitoramento

Monitoramento

A Usiminas possui sistemas e estações de tratamento de água, para monitorar os efluentes hídricos conforme os requisitos estabelecidos pela lei. Visando preservar esse insumo tão fundamental para nossos processos produtivos.

Áreas verdes

Um dos compromissos históricos da Usiminas é promover o desenvolvimento integrado entre as necessidades econômicas e a preservação ambiental. Pensando nisso, mantemos atualmente quase 3 mil hectares de áreas preservadas na Região do Vale do Aço, onde temos localizada uma de nossas unidades. Entre nossas iniciativas estão ações para arborização urbana e conforto visual e térmico da cidade.

Áreas verdes

Cinturão Verde

Cinturão Verde

O Cinturão Verde começou a ser implantado ainda nos primeiros anos de operação da Usiminas, com objetivo de formar barreiras naturais para diminuir o impacto das atividades produtivas e aumentar as áreas verdes da cidade. Ao redor da Usina de Ipatinga, são quase 400 hectares de área verde que passam por 11 bairros da cidade.

Mata Ciliar

As matas ciliares têm como objetivo proteger as regiões manaciais e são extremamente importantes para as espécies que vivem no local. Além disso, elas protegem os rios que sofrem com o assoreamento. Em parceria com a Fundação Relictos, ONG local e o Instituto Estadual de Florestas (IEF), já foram recuperados mais de 20 km de mata ciliar.Já são mais de 240 hectares de área reflorestada, equivalente a 230 campos de futebol.

Mata Ciliar

Reserva Particular do Patrimônio Natural

Reserva Particular do Patrimônio Natural

A Usiminas plantou e preserva uma verdadeira floresta particular em Ipatinga, nos arredores da Associação Esportiva e Recreativa Usipa.
Com 204 hectares, essa área foi reflorestada pela empresa nos anos 80 e é hoje uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN). Nela também está o Viveiro de Mudas da Usiminas, onde mais de 3 milhões de mudas já foram produzidas.

Plante uma vida

Realizado desde 2007 na Usina de Cubatão, o Plante uma Vida promove o plantio de árvores nativas da Mata Atlântica para celebrar o nascimento ou adoção de filhos dos colaboradores da unidade.
A iniciativa integrou cerca de 2 mil novas mudas de árvores à área verde da Usina de Cubatão, que conta com mais de 1 milhão de metros quadrados, divididos entre áreas naturais, como os morros do Casqueirinho e da Tapera, e áreas de bosques e jardins.
No Vale do Aço, a iniciativa passou a ser realizada em 2018, foi implantada na Usina de Ipatinga. Atualmente, mais de 400 funcionários da Usina de Ipatinga, Unigal e Usiminas Mecânica já participaram desse projeto.

Plante uma vida

Viveiro de mudas

Viveiro de mudas

Um dos principais compromissos da Usiminas é preservar o meio ambiente em torno das nossas atividades produtivas. O Viveiro de Mudas é uma das estratégias de sustentabilidade desenvolvidas para contribuir com a preservação e educação ambiental de forma acessível à comunidade. Todos os anos, cerca de 20 mil mudas são cultivadas neste espaço.

Recirculação de Água

A água é um insumo essencial e estratégico para Usiminas. A empresa trabalha com foco na redução do consumo e no seu reaproveitamento, seja por meio de melhorias em seu processo produtivo ou de técnicas de reuso. A maior parte da água utilizada é direcionada para os centros de recirculação instalados, que possibilitam o seu reuso. Uma pequena parte é devolvida aos rios depois de tratada. A Usiminas capta água de rios próximos às suas plantas e em poços tubulares profundos, devidamente outorgadas por órgãos ambientais competentes.

O índice médio de recirculação de água doce nas usinas siderúrgicas é da ordem de 95%, resultado dos trabalhos internos desenvolvidos na busca da maximização do reaproveitamento das águas usadas e do seu uso racional.

Recirculação de Água

Xerimbabo

Xerimbabo

Iniciado em 1984, o programa foi pioneiro em Minas Gerais ao abordar a educação ambiental.
Nessas três décadas, mais de 2.400.000 participantes – em sua maioria, educadores e estudantes – já passaram pelo projeto. E, a cada ano, o Xerimbabo inova em sua dinâmica de eventos.